PROFESSOR, VOCÊ SABE PRATICAR A INCLUSÃO

Teste de Poder de Inclusão
Professor:
Você está preparado para trabalhar com a inclusão em sala de aula?


O teste de poder de inclusão foi criado pela Professora Maria Teresa Eglér Mantoan, publicado no livro Humor e Alegria na educação (Summus, 2006). O teste é simples mas, de acordo com Mantoan, pode ajudar a identificar o vírus da exclusão, latente nas escolas.
O teste, bem como seu gabarito, são apresentados a seguir:
Para esse breve exame, as regras são:
1. Colocar-se na condição dos professores(as) que aqui apresentaremos.
2. Escolher a alternativa que você adotaria em cada caso, mas sem pensar muito, respondendo com o que vem mais rápido à cabeça.
3. Descobrir e aprender mais sobre si mesma(o).

Responda às questões e confira.
1. A professora Sueli procura incluir um aluno com deficiência mental em sua turma de
1ª série. Tudo caminha bem em relação à socialização desse educando, mas diante dos demais colegas o atraso intelectual do aluno é bastante significativo.
Nesse caso, como você resolveria a situação?

(A) Encaminharia o aluno para o atendimento educacional especializado oferecido pela escola?
(B) Solicitaria a presença de um professor auxiliar ou itinerante para acompanhar o aluno em sala de aula?
(C) Esperaria um tempo para verificar se o aluno tem condições de se adaptar ao ritmo da classe ou precisaria de uma escola ou classe especial?

2. Júlia é uma professora de escola pública que há quatro anos leciona na 2ª série. Há um fato que a preocupa muito atualmente: o que fazer com alguns de seus alunos, que estão cursando pela terceira vez aquela série?
Para acabar com suas preocupações, qual seria a melhor opção?

(A) Encaminhá-los a uma sala de alunos repetentes, para ser mais bem atendidos e menos discriminados?
(B) Propor à direção da escola que esses alunos sejam distribuídos entre as outras turmas de 2ª série, formadas por alunos mais atrasados?
(C) Reunir-se com os professores e a diretora da escola e sugerir que esses alunos
se transfiram para turmas da mesma faixa etária e até mesmo para as classes de Educação de Jovens e Adultos (EJA), caso algum já esteja fora da idade própria do ensino fundamental?

3. Cecília é uma adolescente com deficiência mental associada a comprometimentos físicos; ela está freqüentando uma turma de 3ª série do ensino fundamental, na qual a maioria dos alunos é bem mais nova que ela. A professora percebeu que Cecília está desinteressada pela escola e muito apática. Qual a melhor saída, na sua opinião, para resolver esse caso?

(A) Chamar os pais de Cecília e relatar o que está acontecendo, sugerindo-lhes que procurem um psicólogo para resolver o seu problema?
(B) Avaliar a proposta de trabalho dessa série, em busca de novas alternativas
pedagógicas?
(C) Concluir que essa aluna precisa de outra turma, pois a sua condição física e problemas psicológicos prejudicam o andamento escolar dos demais colegas?

4. Numa 2ª série de ensino fundamental, em que há alunos com deficiência mental e outros com dificuldades de aprendizagem, relacionadas a outros motivos, o professor Paulo está ensinando operações aritméticas. Esses alunos não conseguem acompanhar o restante da turma na aprendizagem do conteúdo proposto. O que você faria, se estivesse no lugar do professor Paulo?

(A) Reuniria esse grupo de alunos e lhes proporia as atividades facilitadas do currículo adaptado de atemática?
(B) Distribuiria os alunos entre os grupos formados pelos demais colegas e trabalharia com todos, de acordo com suas possibilidade de aprendizagem?
(C) Aproveitaria o momento das atividades referentes a esse conteúdo para que esses alunos colocassem em dia outras matérias do currículo, com o apoio de colegas voluntários?

5. Fábio é um aluno com autismo que freqüenta uma turma de 3ª série. É o seu primeiro ano em uma escola comum e ele incomoda seus colegas, perambulando pela sala e interferindo no trabalho dos grupos.
Que decisões você tomaria para resolver a situação, caso fosse o (a) professor (a) desse grupo?

(A) Solicitaria à direção da escola que retirasse Fábio da sala, pois o seu comportamento está atrapalhando o desempenho dos demais alunos e o andamento do programa?
(B) Marcaria uma reunião com o coordenador da escola e solicitaria uma avaliação e o encaminhamento desse aluno para uma classe ou uma escola especial?
(C) Reuniria os alunos e proporia um trabalho conjunto com a turma em que todos se comprometeriam a manter um clima de relacionamento cooperativo de
aprendizagem na sala de aula?

6. Guilherme é uma criança que a escola chama de “hiperativa”. Ele gosta muito de folhear livros de histórias. Ocorre que freqüentemente rasga e/ou suja as páginas dos livros, ao manuseá-los sem o devido cuidado.
O que você lhe diria, caso fosse seu (sua) professor(a)?

(A) “Hoje você não irá ao recreio, porque rasgou e sujou mais um livro."
(B) “Vou ajudá-lo a consertar o livro, para que você e seus colegas possam ler esta linda história.”
(C) “Agora você vai ficar sentado nesta mesinha, pensando no que acabou de fazer.”

7. Norma é professora de uma 4ª série de ensino fundamental e acabou de receber um
aluno cego em sua turma. Ela não o conhece bem, ainda. No recreio, propõe à turma um jogo de queimada. É nesse momento que surge o problema: o que fazer com Paulo, o menino cego?

Arrisque uma “solução inclusiva” para esse caso.

(A) Oferecer-lhe outra atividade, enquanto os demais jogam queimada, fazendo-o entender o risco a que essa atividade o expõe e a responsabilidade da professora
pela segurança e integridade de todos os seus alunos.
(B) Perguntar ao Paulo de quais jogos e esportes ele tem participado e se ele conhece as regras da queimada.
(C) Reunir a turma para resolver a situação, ainda que na escola não exista uma bola de meia com guizos.

8. Maria José é professora de escola pública e está às voltas com um aluno de uma turma de 5ª série. Ele tem 12 anos, é muito agressivo e mal-educado, desbocado, desobediente e não se submete à autoridade dos professores nem à das demais pessoas da escola; sempre arruma uma briga com os colegas, dentro da sala de aula, ameaçando-os com um estilete. O que você faria no lugar dessa professora aterrorizada?

(A) Estabeleceria novas regras de convivência entre todos e, em seguida, analisaria com a turma os motivos que pode nos levar a agir com violência?
(B) Enfrentaria as brigas, retirando o aluno da sala de aula e entregando-o à direção da escola?
(C) Tentaria controlar essas situações, exigindo que o menino entregasse o estilete, para que os demais alunos se acalmassem?

9. Sérgio é um aluno surdo. Ele tem 13 anos de idade e freqüentou, até o momento, uma escola de surdos. Esse aluno está no seu primeiro dia de aula em uma escola comum. A professora, percebendo que Sérgio não fazia leitura labial, procurou a diretora da escola para questionar a admissão desse aluno em sua turma, uma vez que ele não sabe se comunicar em Libras (Língua Brasileira de Sinais). Se você fosse a professora de Sérgio, antes de tomar essa atitude:

(A) Chamaria os pais desse aluno e os convenceria de que a escola de surdos era mais apropriada para às necessidades dele?
(B) Procuraria saber quais as obrigações e direitos desse aluno e buscaria o recurso adequado à continuidade de seus estudos na escola comum?
(C) Providenciaria a presença de um intérprete de Libras, solicitando um convênio com uma entidade local especializada em pessoas com surdez?

Conte os pontos e confira o seu poder de inclusão, ou melhor, a sua imunidade ao vírus da exclusão:
1 a) 3 b) 2 c) 1
2 a) 1 b) 2 c) 3
3 a) 2 b) 3 c) 1
4 a) 1 b) 3 c) 2
5 a) 1 b) 2 c) 3
6 a) 1 b) 3 c) 2
7 a) 1 b) 2 c) 3
8 a) 3 b) 1 c) 2
9 a) 1 b) 3 c) 2

Resultado:
De 27 a 23 pontos

Imune à exclusão!
Você está apto(a) a enfrentar e vencer o vírus da exclusão, pois já entendeu o que significa uma escola que acolhe as diferenças, sem discriminações de qualquer tipo. Compreendeu também que a inclusão exige que os professores atualizem suas práticas pedagógicas para que possam oferecer um ensino de melhor qualidade para todos os alunos. Parabéns! Não se esqueça, porém, de que o atendimento educacional especializado deve ser assegurado a todos os alunos com deficiência, como uma garantia da inclusão.

De 22 pontos a 16 pontos
No limite.
Você precisa se cuidar! Atenção, pois você está vivendo uma situação de fragilidade em sua saúde educacional. Cuidado! É preciso que você tome uma decisão e invista na sua capacidade de se defender do vírus da exclusão. Quem fica indeciso entre enfrentar o novo, no caso, a inclusão de todas as crianças nas escolas comuns, e incluir apenas alguns, ou seja, os alunos que conseguem acompanhar a maioria, está vivendo um momento difícil e perigoso. Você está comprometendo a sua capacidade de ensinar e a possibilidade dos alunos de aprender com alegria!

De 15 a 9 pontos
Altamente contaminado.
Tome todas as providências para se curar dos males que o vírus da exclusão lhe causou. Há muitas maneiras de se cuidar, mas a que recomendamos é um tratamento de choque, porque o estrago é grande! Você precisa, urgentemente, se tratar, mudando de ares educacionais, tomando injeções de ânimo para adotar novas maneiras de atuar como professor(a). Outra medicação recomendada é uma alimentação sadia, muito estudo, troca de idéias, experimentações, ousadia para mudar o seu cardápio pedagógico.
Tente colocar em prática o que tem dado certo com outros que se livraram desse vírus tão voraz e readquira o seu poder de profissional competente. Boa recuperação!

3 comentários:

  1. Boa noite,
    Patricia gostei do seu blog e gostaria que você soubesse que eu sou aluna da Pedagogia. Eu mais três amigas da faculdade estamos montando um blog sobre inclusão e gostaria de saber se podemos trocar informações com você sobre assuntos que diz a respeito da inclusão.
    Parabéns pelo blog!!!

    Tatiana

    ResponderExcluir
  2. muito interessante este teste!! gostei! parabéns!!

    ResponderExcluir
  3. gostei imensamente, seu trabalho vai me ajudar muito.obrigada e parabéns pelo trabalho.

    ResponderExcluir

Comenta vai... Assim você me incentiva!

Como Salvar as Imagens do Blog

Clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha a opção: EXIBIR IMAGEM

Clique na imagem que aparecer; novamente com o direito, e escolha SALVAR IMAGEM COMO.

Escolha a pasta do seu pc para ser salva e pronto.

Você Curte? Dá um Joinha!

Marcadores

AGRESSIVIDADE INFANTIL ALFABETIZAÇÃO ALFABETOS ALIMENTAÇÃO ANIMAIS ARTE COM CD USADO ARTE COM GARRAFA PET ARTES ARTESANATO ATIVIDADES 1º AO 5º ANOS ATIVIDADES CIRCO ATIVIDADES COM SUCATA ATIVIDADES DE LÓGICA E CONCEITOS atividades educação infantil ATIVIDADES PARA O 3° ANO ATIVIDADES PÁSCOA ATIVIDADES SOBRE A CASA ATIVIDADES SOBRE A ESCOLA ATIVIDADES SOBRE A ÁGUA ATIVIDADES SOBRE FAMÍLIA AUTISMO AVALIAÇÕES BRINQUEDOS DE PAPEL CADERNOS DE ATIVIDADES CALENDÁRIOS CALENDÁRIOS 2014 CAPAS PARA CADERNO CARNAVAL CAÇA PALAVRAS CIÊNCIAS COISAS DE E.V.A COMO ALFABETIZAR CONCEITOS MATEMÁTICOS CONSCIÊNCIA NEGRA CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS COORDENAÇÃO MOTORA COPA DO MUNDO CORES CORPO HUMANO CRECHE DECOUPAGE DESENHOS PARA COLORIR DIA DA CRIANÇA DIA DA ESCOLA DIA DA MULHER DIA DA ÁGUA DIA DA ÁRVORE DIA DAS MÃES DIA DO CIRCO DIA DO ESTUDANTE DIA DO LIVRO DIA DO SOLDADO DIA DO TRABALHO DIA DO ÍNDIO DIA DOS PAIS DIA E NOITE ATIVIDADES DIA INTERNACIONAL DA MULHER DICAS PARA BLOGUEIRAS DINÂMICAS DISCRIMINAÇÃO VISUAL DOBRADURAS EDUCAÇÃO PARA O TRÂNSITO EJA ENSINO RELIGIOSO ESQUEMA CORPORAL ESTAÇOES DO ANO EXPERIÊNCIAS feira literária escolar FESTA JUNINA FOLCLORE FORMAÇÃO HUMANA HIGIENE CORPORAL HIPÓTESES DA ESCRITA IDENTIDADE INCLUSÃO INDEPENDÊNCIA DO BRASIL INDISCIPLINA INGLÊS INTERPRETAÇÃO DE TEXTO JOGO DA MEMÓRIA JOGOS JOGOS DE AÇÃO JOGOS DE COLORIR JOGOS DE COLORIR BÍBLICOS JOGOS DE COLORIR PARA MENINAS JOGOS DE RACIOCÍNIO LEGISLAÇÃO LIBRAS MATEMÁTICA MATERNAL MEIO AMBIENTE MEIOS DE COMUNICAÇÃO MEIOS DE TRANSPORTES MENSAGEM MOLDES INTERESSANTES MONTEIRO LOBATO MÚSICAS NASCIMENTO DE JESUS NATAL NORMAS DE CONVIVÊNCIA NUMERAIS Organização da sala de aula ORIENTAÇÕES AOS PAIS ORIENTAÇÕES PEDAGÓGICAS ORTOGRAFIA OS SENTIDOS para pais PLANEJAMENTO PLANOS DE AULA PONTILHADOS E TRACEJADOS PORTUGUÊS PRIMAVERA proclamação da republica PROJETO ABC DAS FLORES PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO PROJETOS PROVAS PÁSCOA - SENTIDO DA PÁSCOA recicláveis REGRAS E COMBINADOS SAÚDE SERES VIVOS SMILINGUIDO SÍTIO DO PICA-PAU AMARELO TEXTOS TRABALHANDO AS DIFERENÇAS VINÍCIUS DE MORAES VOGAIS VOLTA AS AULAS