A criança autista

Como identificar o autismo na infância. O autismo é um transtorno infantil que pode acontecer mais em meninos que em meninas. As habilidades de uma criança autista podem ser altas ou baixas, dependendo tanto do nível de coeficiente intelectual, como da capacidade de comunicação verbal.
Quais são as causas do autismo?

As causas do autismo ainda são desconhecidas. Mas existem algumas teorias:

1. As reações da criança autista e seu ambiente e meio social. Fala-se que o autista é assim porque não recebeu afetividade quando era pequeno. Que teve pais distantes, frios e demasiadamente intelectuais.

2. Deficiências e anormalidades cognitivas. Parece existir alguma base neurológica ainda que não esteja comprovada.

3. Certos processos bioquímicos básicos. Foi encontrado um excesso de secreção de serotonina nas plaquetas dos autistas.
Perfil de uma criança autista

Uma criança autista tem um “olhar que não olha”, mas que traspassa. No lactante, pode-se observar um balbuceio monótono do som, balbuceio tardio, e uma falta de contato com seu ambiente, assim como de uma linguagem gestual. Não segue a mãe e pode distrair-se com um objeto sem saber para que serve.

Na etapa pré-escolar se mostra estranho, não fala. Custa-lhe assumir-se e identificar aos demais. Não mostra contato de forma alguma. Podem apresentar condutas agressivas inclusive consigo mesma. Outra característica do autismo é a tendência a realizar atividades de maneira repetitiva. A criança autista pode dar voltas como um pião, fazer movimentos rítmicos com seu corpo tal como agitar os braços.

Os autistas com alto nível funcional podem repetir os comerciais de televisão ou realizar rituais complexos ao deitar-se para dormir. Na adolescência, fala-se que 1/3 dos autistas podem sofrer ataques epiléticos o qual se faz pensar em uma causa nervosa.
Um resumo dos sintomas que podem indicar que uma criança seja autista:

- Acentuada falta de reconhecimento da existência ou dos sentimentos dos demais.
- Ausência de busca de consolo em momentos de aflição.
- Ausência de capacidade de imitação.
- Ausência de relação social.
- Ausência de vias de comunicação adequadas.
- Anormalidade na comunicação não verbal.
- Ausência de atividade imaginativa, como brincar de ser adulto.
- Marcada anomalia na emissão da linguagem com afetação.
- Anomalia na forma e conteúdo da linguagem.
- Movimentos corporais estereotipados.
- Preocupação persistente por parte de objetos.
- Intensa aflição em aspectos insignificantes do ambiente.
- Insistência irracional em seguir rotinas com todos seus detalhes.
- Limitação marcada de interesses, com concentração em um interesse particular.
Existe tratamento?

A educação especial é o tratamento fundamental e pode dar-se na escola específica ou na dedicação muito individualizada. Pode-se recorrer à psicoterapia ainda que os resultados sejam escassos devido a que o déficit cognitivo e da linguagem dificultam a terapêutica. O apoio familiar é de grande utilidade. Os pais devem saber que a alteração autista não é um transtorno relacional afetivo de criança.

Deve-se considerar também o tratamento farmacológico, que deverá ser indicado por um médico especialista.
Pode-se curar o autismo?

O autismo não tem cura. É uma síndrome que definiu, em 1943, um psiquiatra de origem austríaca chamado Leo Kanner. Hoje em dia, 50 anos depois, ainda não se conhecem as causas que originam essa grave dificuldade para relacionar-se.
O que os pais devem fazer?

Os pais que suspeitam que seu filho pode ser autista, devem consultar um pediatra para que os indiquem um psiquiatra de crianças e adolescentes, que podem diagnosticar com certeza o autismo, seu nível de gravidade e determinar as medidas educacionais apropriadas. O autismo é uma enfermidade, e as crianças autistas podem ter uma incapacidade séria para toda a vida. No entanto, com o tratamento adequado, algumas crianças autistas podem desenvolver certos aspectos de independência em suas vidas.

Os pais devem animar seus filhos autistas para que desenvolvam essas habilidades que fazem uso dos seus pontos fortes de maneira que se sintam bem consigo mesmos. O psiquiatra, além de tratar a criança, pode ajudar a família a resolver o stress; por exemplo, pode ajudar aos irmãozinhos, que possam sentir-se ignorados pelo cuidado que requer a criança autista, ou que se sintam constrangidos de levarem seus amiguinhos à casa. O psiquiatra de crianças e adolescentes pode ajudar aos pais a resolverem os problemas emocionais que surjam como resultado de conviver com uma criança autista, e orientá-los de maneira que possam criar um ambiente favorável para o desenvolvimento e o ensino da criança. 

Retirado do site: http://br.guiainfantil.com

32 comentários:

Anônimo disse...

BOA TARDE,GOSTARIA DE SABER SE VC TEM UM PLANO DE AULA PARA CRIANÇAS AUTISTAS,MUITO OBRIGADA!!!!
MEU EMAIL-daniele.jacobucci@uol.com.br

Anônimo disse...

Boa tarde vc tem um plano de aula para um criança autista brincar com outras crianças na hora do recreio?
Email: nita22k@gmail.com

Anônimo disse...

patricia,caso vc tenha material para que possa trabalhar com crianças autistas mim envia denise albuquerquecunha@hotmail.com

Anônimo disse...

Olá Boa tarde,gostaria de saber como posso trabalhar com gemêos autistas no maternal,um plano de aula legal para os gemêos.Me envia por email. marilia.allas@hotmail.com

caroline c duque disse...

oi, você tem atividades pedagogicas para trabalhar com criança autista de 4 anos para compartilhar? aguardo seu contato.meu email é
carolduquecd2@yahoo.com.br
obrigada
caroline

Anônimo disse...

Boa tarde,gostaria de saber se vc tem algum plano dde aula para autista.se puder me enviar.
obrigada!email:riatlagravina@hotmail.com

WILL LUTHIER HANDMADE disse...

Boa noite! tenho dois alunos que são autista e estão iniciando sua vida escolar estão na turma de alfabetização qual atividade poderia estar trabalhando com eles? Se puderem enviar alguma sugestão de atividades agradeço.
email: criswillduda@yahoo.com.br

Anônimo disse...

Boa tarde! Tenho um aluno de 4 anos com autismo e não tenho a menor idéia de como aplicar alguma atividade, pois le nem olha em meu rosto.
Vc pode me ajudar? Estou desesperada. Me ajude por favor.Se puder me enviar atividades ficarei muito grata
emil: cris.dirceu@hotmail.com

Anônimo disse...

gostaria que me mandassem um plano de aula para alunos autistas por gentileza


rtzaza@hotmail.com

Anônimo disse...

Se possível gostaria de ter acesso a um plano de aula por favor

feliciano-gabriela@bol.com.br

Anônimo disse...

Peço por favor que me envie uma luz,poi nunca tinha trabalhado com criança autista e este ano tenho duas, tenho professor de apoio mas as crianças tem mais afinidade, obediência comigo,me ajude^preciso de um plano de aula.

Anônimo disse...

Por favor estouprecisando de um plano de aula para criança autista .obrigado.
lucianamxavier@hotmail.com

juliana rocha disse...

Bom dia!! mau primeiro ano que trabalho com criança autista, ajuda a preciso de atividades para desenvolver com ele. um plano de aula por favor envie para meu email: julianarocha1930@hotmail.com

Anônimo disse...

Boa tarde
Esse é meu primeiro na educação especial com crianças autista, gostaria que você me enviasse sugestão de atividades para trabalhar com alunos na faixa etária de quatro anos.

Maria Claudia - Uberlândia - mg
email: klamarymelo@hotmail.com

Anônimo disse...

Boa noite
Por favor estou precisando de um plano de aula para aluno autista, obrigada.
nandasales4@hotmail.com

Anônimo disse...

este ano estou com um aluno autista na alfabetização gostaria de receber sugestão de atividades para trabalhar com ele. meu email é sheilabarcelostj@gmail.com

Anônimo disse...

Gostaria de saber quais as atividades para trabalhar com uma crianca com suspeita de autismo,de 2anos que ainda nao fala?
Email. milla1939@hotmail.com

Anônimo disse...

Essa pagina é maravilhosa!

Anônimo disse...

Boa tarde! Será que você pode me ajudar, é que eu preciso de atividades para desenvolver com Crianças com autismo e um plano de aula. Por favor será que você pode me ajudar? Obrigada! Envie para este e-mail: kgiustina@hotmail.com

Anônimo disse...

Compartilho com vcs,o mesmo desespero,estamos no mesmo barco,porem não queremos naufragar.

Anônimo disse...

Gostaria da ajuda de vocês com uma certa urgência pois começarei nesta segunda-feira a trabalhar com uma criança autista o que pra mim é algo completamente novo nunca dei aula e tampouco trabalhei com uma criança autista ,preciso de atividades para desenvolver e um plano de aula.

Anônimo disse...

OI. Gostaria de receber ajuda de voces,estou trabalhando na alfabetização de criança com autismo, preciso de atividades para desenvolver e um plano de aula. www.rosybraga07@hotmail.com

ANA PAULA VILLANOVA disse...

tenho um trabalho para entregar sábado, e ainda não consegui fazê-lo, vc tem um plano de manejo para trabalhar com criança autista para me enviar?

Walderleny Mata disse...

Por favor vc tem plano de aula para autista por favor preciso com urgencia, meu imail: mata.walderleny0@gmail.com

Anônimo disse...

Boa tarde, tenho uma criança(5 anos) diagnosticada como autista e tenho que entregar um plano de ação para SME, se pudesse gostaria de contar com sua colaboração. Obrigada email glaucia_sr6@hotmail.com

Anônimo disse...

gostaria da ajuda de vocês estou trabalhando com autismo e psicótica que recorta +ou - que fala pouco,não escreve, pega o lápis para pintar mas, pinta tão forte que rasga a folha se não tirar o lápis e gosta de pintura.Preciso de um plano de aula principalmente português e matemática o que puderem me ajudar obrigado meu EMAIL é rosana.pasqualon@hotmail.com 30/5/2013

Anônimo disse...

Boa tarde! Tenho um aluno de 4 anos com autismo e não tenho a menor idéia de como aplicar alguma atividade, pois ele nem olha em meu rosto.
Vc pode me ajudar?.Se puder me enviar plano anual e atividades, ficarei muito grata
emil: patriciacrivellari@hotmail.com

Vera Cruz disse...

O QUE TODOS NA VERDADE PROCURAMOS É DESENVOLVER AÇÕES QUE POSSAM AJUDAR NO DESENVOLVIMENTO E INTERESSES DAS CRIANÇAS AUTISTAS, NESSE CAMINHO SÓ VEJO UMA ALTERNATIVA QUE É A PARTILHA DAS AÇÕES PARA QUE ASSIM POSSAMOS CONSOLIDAR UMA LINHA DE TRABALHO.TAMBÉM É PRECISO CONTAR COM AS EXPERIÊNCIAS DE QUEM JÁ TRABALHA A MAIS TEMPO COM ESSAS CRIANÇAS, NOS AJUDEM!

Raquel disse...

Boa noite,

Li suas colocações sobre a criança autista e achei interessante e queria lhe pedir uma ajuda, tenho um aluno autista em fase pre escolar e queria saber se voce possui algum material para se trabalhar com crianças na fase de 5, 6 nos.
Me ajude por favor, me sinto muitas vezes incapaz e parece que não contribuo em nada para seu desenvolvimento, Me ajude!!!!
meu email é kererj2005@gmail.com

Anônimo disse...

Bom dia, gostaria de saber se você tem planos para uma criança autista que está ingressando agora na escola, estou meio perdida em que atividades trabalhar.
meu email: danielafonseca36@yahoo.com.br

Solange A da Silva disse...

Boa noite, Gostei muito da matéria .

Solange A da Silva disse...

Boa noite, gostei muito da matéria.

Postar um comentário

Comenta vai... Assim você me incentiva!

Você Curte? Dá um Joinha!

Você aprova este blog? Marque mais um! Obrigada!

Como salvar as Imagens deste Blog

Clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha a opção: EXIBIR IMAGEM

Clique na imagem que aparecer; novamente com o direito, e escolha SALVAR IMAGEM COMO.

Escolha a pasta do seu pc para ser salva e pronto.

Curta Nossa Página do Facebook!