TRAVA-LÍNGUA

Trava-línguas

Podemos definir os trava línguas como frases folclóricas criadas pelo povo com objetivo lúdico (brincadeira). Apresentam-se como um desafio de pronúncia, ou seja, uma pessoa passa uma frase díficil para um outro indíviduo falar. Estas frases tornam-se difíceis, pois possuem muitas sílabas parecidas (exigem movimentos repetidos da língua) e devem ser faladas rapidamente. Estes trava línguas já fazem parte do folclore brasileiro, porém estão presentes mais nas regiões do interior brasileiro.
Exemplos de Trava Línguas (devem ser falados rapidamente sem pausas)
Tinha tanta tia tantã.
Tinha tanta anta antiga.
Tinha tanta anta que era tia.
Tinha tanta tia que era anta.

O sabiá não sabia.
Que o sábio sabia.
Que o sabiá não sabia assobiar.

O doce perguntou pro doce
Qual é o doce mais doce
Que o doce de batata-doce.
O doce respondeu pro doce
Que o doce mais doce que
O doce de batata-doce
É o doce de doce de batata-doce.

Olha o sapo dentro do saco
O saco com o sapo dentro,
O sapo batendo papo
E o papo soltando o vento.

A lontra prendeu a
Tromba do monstro de pedra
E a prenda de prata
De Pedro, o pedreiro.

Disseram que na minha rua
Têm paralelepípedo feito
De paralelogramos.
Seis paralelogramos
Tem um paralelepípedo.
Mil paralelepípedos
Tem uma paralelepípedovia.
Uma paralelepípedovia
Tem mil paralelogramos.
Então uma paralelepípedovia
É uma paralelogramolândia?


Cinco bicas, cinco pipas, cinco bombas.
Tira da boca da bica, bota na boca da bomba.
Bote a bota no bote e tire o pote do bote.
Quem a paca cara compra, paca cara pagará.
 
O peito do pé de Pedro é preto.
Quem disser que o peito do pé de Pedro é preto,
tem o peito do pé mais preto do que o peito do pé de Pedro.
O rato roeu a roupa do rei do Roma.
Rainha raivosa rasgou o resto.
Se cada um vai à casa de cada um
é porque cada um quer que cada um lá vá.
Porque se cada um não fosse a casa de cada um
é porque cada um não queria que cada um fosse lá.
 
Lá de trás de minha casa
Tem um pé de umbu butando
Umbu verde, umbu maduro,
Umbu seco, umbu secando.
do filme "Central do Brasil"
Um ninho de mafagafos, com cinco mafagafinhos,
quem desmafagafizar os mafagafos, bom desmafagafizador será.
Três tigres tristes para três pratos de trigo.
Três pratos de trigo para três tigres tristes.
Em um ninho de mafagafos havia sete mafagafinhos;
quem amafagafar mais mafagafinhos, bom amagafanhador será.
O tempo perguntou pro tempo
quanto tempo o tempo tem.
O tempo respondeu pro tempo
que o tempo tem tanto tempo
quanto tempo o tempo tem.
Gato escondido com rabo de fora
tá mais escondido que rabo escondido
com gato de fora.
Se o bispo de Constantinopla
a quisesse desconstantinoplatanilizar
não haveria desconstantinoplatanilizador
que a desconstantinoplatanilizaria
desconstantinoplatanilizadoramente.

 
VEJA MAIS SOBRE FOLCLORE
Cadastre-se e Receba as Postagens por Email

Digite seu Email:



Ao receber o 1º email do feedburner você precisa clicar no link para confirmar sua inscrição.

6 comentários:

matheus disse...

muito legal os trava-línguas
valeuuu

Anônimo disse...

muito legal tem umas q eu nao conseguim falar muito legal...

Anônimo disse...

esses trava-linguas sao muito sen graça o q e bom mesmo e filme de porno

Blah disse...

então vai fazer um filme porno falando esses trava linguas,acho que nem assim vc consegue ter graça palhaço!

julia luiza disse...

eu julia luiza gostei do trava lingua da anta é
muito legal bjus.













julia luiza disse...

eu gostei da anta

Postar um comentário

Comenta vai... Assim você me incentiva!

Você Curte? Dá um Joinha!

Você aprova este blog? Marque mais um! Obrigada!

Como salvar as Imagens deste Blog

Clique com o botão direito do mouse sobre a imagem e escolha a opção: EXIBIR IMAGEM

Clique na imagem que aparecer; novamente com o direito, e escolha SALVAR IMAGEM COMO.

Escolha a pasta do seu pc para ser salva e pronto.

Curta Nossa Página do Facebook!